img src="https://scontent.fcaw3-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-9/52151481_2096879817093673_1419780144968499200_n.jpg?_nc_cat=107&_nc_ht=scontent.fcaw3-1.fna&oh=9f035d6a8fe351c108a0059d1563423b&oe=5CDED00A" alt="test"/>

Acesse

Post Top Ad

Your Ad Spot

Acesse, Leia e Sinta!

O tempo

Houve um tempo em que você tomava conta de todos os meus pensamentos, um tempo em que meu coração sangrava mais que eu poderia suportar. 


Então, com o passar do tempo, fui me entretendo com outras coisas, outras pessoas, mas, você ainda estava lá, em algum lugar no meu pensamento. Pensar em você, me fazia se sentir viva, se sentir feliz comigo mesmo. 

Saber que talvez esse não seja um sentimento só meu, me deixa em conflitos que eu sei, nunca se resolverão, talvez.

Deito minha cabeça no travesseiro, e com um olhar perdido no tempo, penso e me pergunto se as vezes você também sente minha falta. Você sente?

Talvez eu nunca saiba. Pra que saber? Afinal, você nunca estará aqui. O tempo se encarrega de "curar" o que talvez não tem cura, ameniza a dor que me faz sufocar, me faz acreditar que você algum dia será apagado dentro de mim. Eu sei que vai, um dia vai. E quando esse dia chegar, talvez eu já tenha perdido o sentido da vida, talvez eu não esteja mais aqui.

É tão doloroso pensar, tão doloroso imaginar. É doloroso não poder ouvir sua voz. Deito minha cabeça no travesseiro, aperto e aconchego o lençol junto a mim, com os olhos fechados te sinto, enquanto a dor queima dentro de mim.

Post Top Ad

Your Ad Spot